Opiniões: Vereador Ary de Oliveira x Ricardo Garcia sobre Projeto de Lei das Diretrizes Orçamentárias em debate na Câmara Municipal

Vejam como estão equivocados os nossos representantes no que diz respeito às nossas necessidades e a utilização/investimento do NOSSO dinheiro.

Em São Bernardo foi proposto investir mais em Transporte(leia-se corredores de onibus) em vez de Educação ser o investimento maior.

Em São Bernardo foi proposto mais investimento em Transporte do que em Saúde.

Em São Bernardo foi proposto mais investimento em Transporte do que em Habitação.

Compreendem? Os que nos representam hoje são INCOMPETENTES! Dê a sua opinião.
Veja abaixo alguns investimentos propostos para 2018:

Saúde – R$ 1,038 bilhão será empregado na área para a reorganização da Atenção Hospitalar, ampliação e promoção ao acesso à Atenção Especializada e a consolidação da Rede de Saúde Mental, objetivando um atendimento mais humanizado;

Educação – estão previstos R$ 938 milhões para aprimorar a infraestrutura da rede escolar, viabilizar as ações educacionais e reduzir o déficit de vagas no ensino infantil;

Transporte – será aplicado R$ 1,089 bilhão, com ênfase na proposta de implantação de corredores e terminais de transporte coletivo, visando ao conforto dos usuários e à celeridade do trânsito da cidade;

Habitação – o setor contará com R$ 270 milhões, o que permitirá intervenções de urbanização nos assentamentos precários, com a construção de novas unidades habitacionais, além da regularização fundiária desses locais.

CAMARASBC.SP.GOV.BR
Representantes da administração municipal de São Bernardo do Campo estiveram, na manhã desta sexta-feira (02/06), no Plenário Tereza Delta, para analisar e discutir o Projeto de Lei nº 43/17, que trata das diretrizes para a elaboração da Lei Orçamentária para o exercício financeiro de 2018

RESPOSTA RECEBIDA VIA WATS APP PELO VEREADOR ARY DE OLIVEIRA EM 17/07/2018 AS 00:15 hrs

“Na saúde está sendo gasto mais do que é exigido por lei, na Educação também. Quanto a habitação vem sendo concluído vários prédios que estavam abandonados a exemplo das outras obras que estão sendo concluídas , os corredores de ônibus estão sendo concluído foram deixados abandonados também, exemplo da Vergueiro”

Por RICARDO GARCIA 17/07/2018 as 10:28 hrs

• “Na Saúde está sendo “gasto” mais do que é exigido por lei”
Compreendo e respeito seus pontos de vista. Mas compreenda os meus prezado Ary. Desde já agradeço sua atenção e gostaria de saber se poderei compartilhar nossa conversa(?). (aguardei até agora não respondeu. Tomei a liberdade de publicar)

Se na Saúde esta sendo INVESTIDO mais do que é exigido por lei já concluo de antemão duas coisas:

1 – O valor é muito inferior ao necessário e a Lei precisa ser revista, refeita, reavaliada
e/ou

2 – O valor é MUITO mal administrado.

Se em visita por exemplo ao PS Central os funcionários me dizem (isso aconteceu de verdade) que estão a 4 anos sem dissidio coletivo. Como dizer que esse valor “acima do que é permitido” está Ok? está aceitavel? é o ideal? esta sendo administrado corretamente? o funcionário que atende a populacao 4 anos sem dissidio coletivo em São Bernardo é a vergonha da vergonha! como eles atenderão os Munícipes? com a mesma energia? com a mesma disposição?

Portanto prezado Ary, repito:

1 – O valor é muito inferior ao necessário e a Lei precisa ser revista, refeita, reavaliada
e/ou
2 – O valor é MUITO mal administrado.

• “Educação também”
Ary, os professores são remunerados péssimamente no Brasil e em São Bernardo não é diferente. Isso certamente reflete em toda a Educação. Seus filhos e netos estudam ou estudaram em escola publica? Nunca estudei em escola particular exceto a faculdade que tive que pagar com o meu trabalho e as pós graduações que fiz.
Hoje a diferença de nivel de ensino tanto em conteúdo , como em metodologia, como em estrutura de escolas particulares x publicas é infinitamente inferior o publico do privado em sua grande maioria. Poderia conversar o dia todo sobre isso. E estamos falando de São Paulo imagine em outros Estados menos potentes financeiramente como é o nosso Estado.

• Habitação
Habitação talvez seja o MAIOR PROBLEMA E DEFICIT em São Bernardo do Campo devido as características geograficas, mananciais, represa. Temos MUITA MAS MUITA deficiência em Habitação. Passa longe mas MUITO longe mesmo do ideal os projetos habitacionais em São Bernardo. E tomara que você não considere as escrituras que andam distribuindo em BAIRROS INVADIDOS e construidos de forma totalmente errada. Isso não é solução. É tentativa de livrar-se dos problemas.

• Os corredores de onibus são necessários SIM. Claro que são. Mas não merecem investimentos maiores do que Educação, Saúde, Habitação e Segurança. Merecem?

Att,.

Ricardo Garcia
Fiscais do Povo Cidadão
http://www.deolhonapolitica.com.br

2 comentários em “Opiniões: Vereador Ary de Oliveira x Ricardo Garcia sobre Projeto de Lei das Diretrizes Orçamentárias em debate na Câmara Municipal

Adicione o seu

  1. RESPOSTA DE RICARDO GARCIA

    “Prezado Vereador Ary De Oliveira não estou equivocado e peço que também preste atenção no que você mesmo respondeu e releia o que comentei. Sobre participar não seja demagogo. Em nossa cidade a oposição na Câmara é minúscula(para não dizer inexistente) e tudo que o Executivo (Leia-se Orlando Morando) MANDA para Câmara os fantoches(Vereadores) da bancada Governamental aprovam ou reprovam quando ordenados. Portanto a participação popular é mero teatro de cumprimento de formalidade. Claro que o Sr dirá que não é assim porque os poderes são autônomos e independentes.”

    Curtir

  2. RESPOSTA DO VEREADOR ARY DE OLIVEIRA

    “Ary de Oliveira II Ricardo você está equivocado, preste atenção no que respondi, foi gasto em educação mais do que é previsto em lei, isto devido a implantação de várias escolas em período integral, sendo necessário mais professores, merenda etc… Na saúde não foi diferente, passe na Rua Joaquim Nabuco e verifique o hospital que está sendo construído com duzentos e cinquenta leitos e que será inaugurado em 2020. Também gasto mais do que o previsto em lei, Os corredores de ônibus tinham sido iniciados pela administração anterior, assim como va´rias outras obras que foram abandonadas pela metade, e o bom administrador é aquele que termina uma obra iniciada e não deixa como está porque foi iniciada por outro administrador. Foi realizado audiência pública onde foi dado oportunidade para munícipes e entidades de se manifestar e infelizmente não contamos com sua presença em nenhuma delas, nem na do orçamento, nem na das diretrizes orçamentarias, enfim, fica fácil criticar, mas na hora de participar poucos participam”

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: