Presidente sabe que não dará tempo de oficializar o ALIANÇA em 2020…

Bolsonaro estuda “plano B” para candidatos se Aliança não sair do papel

O presidente Jair Bolsonaro avalia escolher um partido já existente para abrigar membros de seu grupo político que querem se candidatar nas eleições de 2020.

A legenda seria um “plano B” caso o Aliança pelo Brasil não seja oficializado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até abril, prazo máximo para um candidato estar filiado a uma legenda.

Para se criar um partido no Brasil é necessário reunir 500 mil assinaturas. O prazo é curto para o lançamento de candidaturas municipais em 2020. A nova sigla precisará estar pronta até abril  para poder lançar candidatos a prefeito e vereador em outubro.

Antes de anunciada a intenção de criar um novo partido, aliados de Bolsonaro mantiveram conversas com Patriota e Republicanos.

grupo político do presidente da República na Câmara dos Deputados também vai sair do partido para participar da fundação de uma nova legenda chamada de Aliança pelo Brasil. Admar e a advogada Karina Kufa são os responsáveis pela estratégia jurídica da criação da legenda em gestação.

A crise na sigla pela qual foi eleito o presidente da República foi destacada pelo Congresso em Foco em setembro de 2019, quando deputados revelaram ao site que a situação dentro do partido era de racha e possível debandada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: