S.A cita estudos, mas não justifica aumento de 62% em pandemia para presidente do sindicato.

Em novo capítulo do que a população e os próprios servidores chamam de conchavo do Serra com o sindicato, a prefeitura citou estudos para promover aumentos vultuosos a um pequeno grupo de servidores.

Entretanto a prefeitura não mostrou a pesquisa de mercado detalhada que justificasse o aumento, apresentou apenas uma tabela comparando os salários do mercado e do município de São Bernardo do Campo, que tem o dobro de arrecadação, além disso, no estudo não mostra qual parâmetro que a prefeitura de Santo André reclassificou o cargo de Fiscal de Limpeza Pública, que é o cargo do presidente do sindicato. Mas mesmo assim a prefeitura concedeu um aumento de 62%.

A advogada Silmara Silva conta que ” Além disso há diversos cargos que além de terem disparidade com o município de São Bernardo do Campo, dentro da própria prefeitura tem disparidade, um exemplo é o auxiliar administrativo I, auxiliar administrativo II e auxiliar administrativo III, eletricista I e eletricista II, a própria prefeitura tem esses cargos, porém recebem salários diferentes a depender da nomenclatura, se o critério realmente fosse disparidade, seriam esses cargos de nomenclaturas semelhantes, porém que recebem salários diferentes a serem reclassificados. O critério não foi disparidade, o critério foi conchavo político.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: