Orlando demite ilegalmente funcionários da Fundação Criança, diz advogada.

Por Ricardo Garcia. Nota do Jornalista: Como é de conhecimento de todos da cidade de São Bernardo do Campo, que Orlando Morando, cujo a PF pede o afastamento vem processando dezenas de cidadãos. Para se ter ideia do nível da perseguição, a JUSTIÇA ELEITORAL declarou como Fake News uma notícia que tinha provas documentadas e cujo o próprio Ministério Público deu parecer no sentido que eu estava exercendo o meu direito Constitucional de informar e de liberdade de expressão, mais tarde na JUSTIÇA COMUM ENTENDEU-SE QUE A POSTAGEM QUE FIZ APENAS RELATOU FATOS.

A advogada Silmara Silva, diz que Orlando Morando promoveu demissões ilegais de funcionários da Fundação Criança.

Segundo a advogada ” Há denúncias de que Orlando Morando demitiu pessoas com estabilidade acidentária e pré aposentadoria. Essas demissões são ilegais, pois a Fundação Criança ainda não foi extinta, e portanto estes profissionais não poderiam ser demitidos de forma alguma como foram.”

A Advogada ainda relatou que “Na condição de prefeito, Orlando Morando deve sofrer de uma profunda inversão de valores, pois gasta milhões de reais com cargos comissionados e publicidade, e agora que as crianças mais precisam, ele corta a verba de programas sociais voltados a elas, é a política do sacríficio das crianças para manutenção de um projeto pessoal”

CASO NÃO ENCONTRE MAIS ESSA NOTÍCIA É POR QUE FUI MAIS UM DAS DEZENAS DE CIDADÃOS PROCESSADOS E CENSURADOS PELO PREFEITO ORLANDO MORANDO DO PSDB. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: