Fernando Scarmelloti: um ficha suja no comando da Comunicação.

A Lei da Ficha Limpa é clara: Condenados em segunda instância do Poder Judiciário não podem se candidatar a cargos ou exercer funções públicas. Mas isso acontece em São Caetano.

Fernando Scarmelloti, Subsecretário de Comunicação Social, cargo de alto escalão foi condenado pelo Tribunal de Justiça no caso da Rango Propaganda. Também foi condenado, Renata Poletti (dona da empresa), além da própria Empresa.

Os envolvidos estão condicionados à devolução do dinheiro do contrato, perda de direitos políticos, funções públicas e bloqueio de bens.

Todos se recolheram depois da sentença, iniciada com uma Ação Popular proposta pelo advogado Adauto Reggiani. Menos Fernando Scarmelloti, que, ao contrário, só “progrediu”.

Continuou em cargo no Governo do Paulo Pinheiro e não esquentou a fila dos desempregados quando da derrota para José Auricchio Júnior, em 2016. Afinal, o dono do Diário do Grande ABC, Ronan Maria Pinto, provavelmente em agradecimento aos serviços prestados, lhe ofereceu um cargo público onde quisesse:

Scarmelloti escolheu voltar à Câmara de São Caetano, em que é concursado como office-boy, e alçado como foguete pelo presidente da Casa, Pio Mielo, ao cargo de Ouvidor.

Tranquilamente estava Fernando Scarmelloti em seu cargo na Câmara quando o próprio Auricchio foi buscá-lo (foi cedido ao Executivo) para ocupar o lugar onde está hoje.

Lembrando que Fernando foi o responsável pela campanha difamatória contra Regina Maura Zetone, em 2012, e Auricchio, em 2016. Na campanha de 2020 estava firme e forte, comandando a comunicação da Prefeitura e opinando decisivamente na campanha do vencedor que até agora não conseguiu levar as eleições por problemas jurídicos.

O processo já está com quase 6.700 páginas e tentam retardar o Trânsito em Julgado com os recursos disponíveis. Mas é curioso tentar entender porque a Prefeitura corre o risco de manter em seus quadros um funcionário ficha suja, condenado na justiça. Qual o brilho nos olhos que Fernando Scarmelloti tem?

Governo Auricchio e agora Tite, surgido no bojo de uma onda “contra a corrupção”, tem quase todos os Secretários envolvidos em denúncias e investigações com processos em andamento, todos enrolados até o pescoço.

SALARIO DO CONDENADO R$ 18.000,00


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s