Vereadores de Diadema aprovam o projeto Adolescente Aprendiz

Por unanimidade, novo Adolescente Aprendiz de Diadema foi aprovado pela Câmara Municipal de Diadema, na plenária desta quinta-feira (5).

Projeto de Lei da Prefeitura Municipal teve votação favorável dos 20 vereadores; segunda votação deve acontecer semana que vem.

Assim que sancionado, o Programa será dividido em duas modalidades: Aprendiz Primeiros Passos, destinado aos adolescentes de 14 e 15 anos, e Aprendiz Travessia, destinado aos adolescentes de 16 e 17 anos.“O projeto Adolescente Aprendiz mudou a vida de mais de 10 mil jovens e agora volta ainda melhor. O caminho é esse: investir na juventude para garantir o futuro da nossa cidade”, disse José de Filippi Jr, prefeito de Diadema.

Para o presidente da Câmara, vereador Josa Queiroz, a aprovação é o resultado da cooperação entre os poderes Executivo e Legislativo em defesa do futuro de milhares de jovens da cidade. “Temos que dar os parabéns para o Filippi por conseguir apresentar projeto tão importante num período tão curto de mandato. Isso mostra o empenho que essa gestão tem para melhorar a vida e dar novas oportunidades à população”.

A Prefeitura de Diadema havia protocolado o Projeto de Lei do novo Adolescente Aprendiz em (15/07). “Esse projeto tão importante para a nossa cidade e para nossa juventude que tanto precisa do Programa Adolescente Aprendiz”, declinou Ana Lúcia Sanches, Secretária Municipal de Educação.

O Programa Adolescente Aprendiz tem o objetivo de desenvolver ações no contraturno que envolvem desde ações pedagógicas de mobilidade e trânsito seguro até Programa de Formação Profissional, na perspectiva de trabalhar o desenvolvimento de habilidades e competências necessárias para inserção no mercado de trabalho.

Os adolescentes atendidos pelo Programa Adolescente Aprendiz receberão benefício mensal durante o período em que permanecerem sob o respaldo do Programa, denominado Bolsa Aprendizado.

Para os beneficiários do Programa Aprendiz Primeiros Passos, o valor é de R$ 150.

E para os beneficiários do Programa Aprendiz Travessia, o valor é R$ 300.

O Programa Adolescente Aprendiz será ofertado pelo Município e poderá ser cofinanciado pela União, Estado, ou por intermédio dos respectivos Fundos Municipais – FUNDATRAN e FUMCAD. O número de Adolescente atendidos na primeira fase ainda está em estudo.

A coordenadora da Coordenadoria da Juventude, Rafaela Boane, explicou que: “Há 5 anos e meio entrou na Câmara para impedir que as escolas não fossem fechadas. E hoje entro como coordenadora deste projeto que vai dar oportunidade para todos os jovens de Diadema.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s