Nepotismo em São Caetano não é novidade.

Uma possível eleição está chegando novamente, e junto com ela vários assuntos que já são recorrentes:

Denuncias de Corrupção, compra de votos, troca de favores…

Infelizmente para população Sulsancaetanense a política tem sido mesmo um momento de tristeza com tantas coisas ruins que ela nos trás. Porém, a única forma de mudar essa realidade é através do conhecimento e da conscientização.

O nepotismo é a prática ilegal de favorecer parentes com cargos dentro da administração pública. Existem leis para vedar essa prática que traz prejuízos para o bem público.

A palavra nepotismo designa a prática criminosa de favorecer parentes e pessoas próximas para a ocupação de cargos da administração pública. O nepotismo, quando confirmado, pode causar prejuízos ao bem público, pois normalmente a nomeação de parentes ocorre não pela competência da pessoa favorecida, mas pelo simples laço de parentesco ou amizade.

A prática do favorecimento da família é comum no âmbito privado, visto que a essência da propriedade privada é a manutenção da sua posse para o dono e sua família. Porém, isso não se aplica à administração pública, visto que esta lida com a propriedade pública, ou seja, que pertence a todo cidadão. O nepotismo na administração pública é, portanto, uma forma de corrupção.

Em São Saetano do Sul isso se tornou comum, em 2020 Auricchio nomeou três parentes de Volpi contrariando a Lei do Nepotismo.

O ex-prefeito de Ribeirão Pires, Clovis Volpi (PR), tem forte relacionamento com o prefeito de São Caetano, José Auricchio Junior (PSDB), tanto é verdade que conseguiu nomear em cargos comissionados na administração da cidade, os dois filhos, Raphael e Luiz Gustavo Pinheiro Volpi, e também seu irmão, Antonio Volpi.

José Auricchio Junior e Clóvis Volp

No entanto, as restrições constantes na Constituição Federal (art. 37, caput) são dedutíveis dos Republicanos princípios da impessoalidade, da eficiência, da igualdade e da moralidade.

Na época também o irmão do ex-prefeito, foi nomeado em 01/01/2017, como Assessor Financeiro II na Secretaria de Educação com o salário de R$ 8.308,63. https://abcreporter.com.br/2020/06/24/auricchio-nomeou-tres-parentes-de-volpi-contrariando-a-lei-do-nepotismo/

A prática na cidade se repete. O Ministério Público vai apurar possível prática de nepotismo no governo do prefeito interino de São Caetano, Tite Campanella (Cidadania). O Diário do Grande ABC revelou na quinta-feira que o irmão mais velho do chefe do Executivo, Adauto Campanella (PSDB), ocupa cargo comissionado no Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental). com um salário bruto de R$ 11.845,74 Reais.

https://www.dgabc.com.br/Noticia/3738976/mp-vai-apurar-nepotismo-no-caso-de-irmao-de-tite-em-cargo-comissionado

Conclusão

Constituição Federal é clara ao proibir a nomeação de cônjuges, companheiros ou parentes em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau de parentesco, nos cargos em comissão e de livre nomeação e exoneração. Porém, de acordo com entendimento do STF, essa decisão não vale para os chamados cargos políticos. Alguns podem discordar e entender esse fato como uma brecha para a prática do nepotismo, porém é importante entender todos os conceitos sobre o funcionamento do nepotismo no Brasil.

Editor responsável pela matéria Vagner Stecker.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s