R.I.P.

A Camara Municipal de Mauá encomendou hoje o sepultamento do sonho do ex prefeito Atila Jacomussi de se eleger no ano que vem.

Conforme informamos ontem nesta mesma coluna, Atila teve parecer desfavorável do Tribunal de Contas do Estado sobre as contas de seu primeiro ano de mandato como prefeito e hoje necessitava que os vereadores aprovassem essas mesmas contas com maioria qualificada (16 dos 23 votos da casa).

O que se viu, no entanto, foi um massacre: apenas 5 vereadores (Admir, Renan Pessoa, Chiquinho do Zaíra, Ricardinho da Enfermagem e Mazinho) se mantiveram ao lado do ex-prefeito Atila Jacomussi (SD).

Os vereadores Samuel Enfermeiro, Wiverson Santana e Madeira “decidiram não decidir”. O primeiro não compareceu ao trabalho e os outros dois não cumpriram o seu papel de se manifestar.

Como os demais vereadores votaram favoravelmente ao parecer do TCE, existe agora uma grande possibilidade de Atila se tornar elegivel. Os apontamentos do Tribunal de Contas mostram irregularidades e descumprimentos legais que, em casos semelhantes, o TSE não foi favorável ao mandatário.

Segundo alguns vereadores, Atila esteve hoje pela manha na casa de leis, mas não se sabe se por soberba ou por sentir que não havia como reverter o processo, ele não buscou nenhuma aproximação com os edis.

Também, na hora da votação, o ex alcaide não utilizou o tempo que tinha direito para se defender (nem enviou advogado) e o resultado foi o esperado:

GAME OVER


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s