Afastamento do Prefeito Mauá é protocolado por Crime de Responsabilidade

Em denuncia apresentada ao Ministerio Público do Estado de São Paulo, o munícipe Mateus Prado solicitou o afastamento do Prefeito de Mauá, Marcelo Oliveira (PT).

Segundo a denúncia, o Chefe do Executivo Municipal vem manipulando números, fazendo com que o número de vacinados contra COVID 19 na cidade seja diferente da realidade.

Em entrevista feita a nossa reportagem nesta quarta-feira (08/09), Prado informou que, “ao contrário das propagandas oficiais, cerca de 20% da população adulta da cidade ainda não recebeu nenhuma dose, apesar de haver vacinas nos estoques municipais”.

“Veja, por exemplo, que no dia 31 de julho, enquanto o prefeito fazia publicar nas redes sociais que não conseguia vacinar mais por falta de vacinas, ele tinha um estoque de 55 mil doses disponíveis para atender a população”

“Por outro lado, o prefeito diz que Mauá está com uma cobertura vacinal alta quando, na verdade, a cobertura vacinal é o numero de pessoas que tomou a segunda dose ou a dose única e neste quesito estamos com 30%, muito abaixo da média regional de 40%”, afirmou.

“Até mesmo a primeira dose, enquanto o estado já vacinou 76,23%, Mauá tem 64,59% de sua população vacinada, isto sem contar que os bairros mais ricos estão mais adiantados em uma clara defesa aos mais abastados”

“De acordo com a legislação, caso o Ministerio Público não agir dentro do prazo determinado em lei, podemos acionar a PGR e é isto que eu vou fazer”, finalizou.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s