Todos contra Dória

Os ex-governadores Márcio França (PSB), e Geraldo Alckmin (PSDB) com o Advogado Anderson Pomini na capital

Márcio e Geraldo estão mais unidos do que nunca, e o motivo tem nome: João Agripino da Costa Dória, ou calcinha apertada para os bolsonaristas mais intimos.

Márcio considera Geraldo homem idôneo e ponderado (qualidade ímpar no jogo conturbado da politica brasileira). Alckmin considera Márcio fiel – qualidade rara na política atual -, e hábil nas costuras de bastidor, sempre capaz de unir diferentes forças em uma mesma mesa. Um desatador de nós como poucos.

Vê-los juntos não assusta, mas há um fator que chama atenção: KASSAB!

O ex-prefeito de São Paulo e mandatário do PSD está disposto a tudo para bancar essa empreitada. Alckmin Governador pelo PSD, com França pelo PSB como vice. O partido centrista tem musculatura e força para encarar a aventura, o que atrapalha o jogo para Alckmin é Lula, que deverá ser apoiado pelo PSD em um eventual segundo turno contra Bolsonaro, ou também incômodo, o PSD apoiando o atual presidente da república, aguardando Alckmin em seu palanque.

Outra opção para Geraldo é o DEM, mas os tucanos ainda garantem que o partido de ACM Neto estará com Rodrigo Garcia na disputa pelo Bandeirantes. Ninguém quer perder cargos…

Está aberta a temporada de caça!

Velhos amigos como inimigos, e antes adversários prestes a caminharem juntos… O tabuleiro de 2022 entrará para a história.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s