Assistência Social de SCS precisa fazer a sua parte com as famílias desabrigadas que necessitam de auxílio

O DISCURSO

O deputado Thiago Auricchio, filho do ex-prefeito José Auricchio Jr, que foi acusado de captação ilegal de recursos no pleito Municipal de 2016 e teve seu mandato cassado pela justiça, se reuniu com o Secretário-Executivo de Habitação do Estado, Fernando Marangoni, para tratar da situação das famílias que residiam no Condomínio Di Thiene.

Segundo o Deputado, estudam-se algumas áreas para a construção do Conjunto Habitacional que vai receber os moradores do Di Thiene, sendo que para o cronograma da CDHU e da Secretaria de Habitação, a partir da assinatura do convênio, são “45 dias para projetos e 18 meses para obras”, conforme informou Marangoni, através de sua Assessoria de Imprensa.

QUAL SERÁ O AUXÍLIO

Sabemos que uma obra de apartamentos, mesmo sendo popular, leva tempo e perguntamos: como ficam as famílias do antigo Di Thiene até a entrega desses possíveis apartamentos? Eles vão receber algum auxílio moradia?

No momento, eles estão alojados em um clube recreativo na R. Ceará, 509, bairro Fundação, no total de 80 pessoas e 25 crianças, dependendo de alimentos doados pelos munícipes.

Qual seria o papel da assistência social na cidade? É comum que o papel dos profissionais da área esteja associado a ajudar aos necessitados e aos mais vulneráveis. Embora esta também seja parte das atribuições dela afinal de contas, o assistente social visa, sobretudo, proteger os direitos sociais, civis, políticos e econômicos da população e isso não depende de classe social, mas vale para absolutamente todos os cidadãos.

Com esse objetivo, esses profissionais fazem as intervenções necessárias. É por meio da garantia de qualidade de vida e dignidade para todos que eles vão em busca de uma sociedade mais justa, mas parece que isso não vale para São Caetano do sul.

A política de São Caetano, infelizmente, gira em torno das mesmas pessoas. Com a elevada carga tributária imposta à sociedade, são financiadas a ineficiência e a corrupção, que se perpetuaram na máquina administrativa, em vez de serem realizados investimentos tão necessários para o futuro da nossa cidade.

Para mudar, agora com a possível eleição suplementar é necessário escolher um candidato comprometido com a causa política, mas, principalmente, com o crescimento econômico. Vamos escolher menos políticos e mais gestores, e cobrar resultados dos responsáveis porque São Caetano tem problemas a resolver.

será que vão ficar 18 meses abrigados em condições desumanas?
marmitex doado por famílias que se solidarizam com essa situação.

Entramos em contato por e-mail com o Mark Ribeiro do Departamento de Comunicação para sabermos qual será a assistência dada aos desabrigados, mas até o momento não obtivemos resposta.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s