Daniel Silveira pede asilo diplomático a quatro países; todos negaram

O deputado federal bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) teve quatro pedidos de asilo diplomático recusados. As informações são da coluna do jornalista Guilherme Amado.

Daniel havia sido preso em fevereiro por ameaças aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), incitar a violência e defender atos antidemocráticos, como o fechamento da própria Corte e a decretação de um novo Ato Institucional 5 (AI-5) – o mais duro instrumento de repressão da ditadura militar.

Desde meados de março, ele foi autorizado a cumprir prisão domiciliar. Mas, na semana passada, foi preso novamente por violar o monitoramento eletrônico ao qual estava submetido. A defesa do deputado não revelou a quais embaixadas foram endereçados os pedidos de asilo, mas afirmou que três foram para países europeus e uma para a representação de um país asiático. 
Segundo os advogados, as recusas ocorreram devido ao fato de os países não serem signatários da Carta de Caracas, o que inviabiliza a concessão de asilo. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s